Representantes de ONGD, empresários, académicos e decisores políticos vão estar juntos num seminário internacional para traçarem compromissos de desenvolvimento
Representantes de ONGD, empresários, académicos e decisores políticos vão estar juntos num seminário internacional para traçarem compromissos de desenvolvimentoOs desafios e oportunidades da cooperação europeia e internacional vão estar em debate durante o seminário internacional Cooperação descentralizada: novos desafios, novas parcerias, que irá decorrer na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, nos próximos dias 16 e 17 de maio. Numa altura em que os recursos são mais escassos, e em que se aproxima o ano de 2015, meta traçada para alcançar os Objetivos de desenvolvimento do milénio, o seminário internacional irá expor alguns dos principais atores do desenvolvimento. Em cima da mesa estarão temas como o papel do setor privado na cooperação e a sua relação na possível abertura a novos mercados e a tendência renovada da cooperação descentralizada protagonizada pelos municípios. Do debate entre membros da sociedade civil, elementos de Organizações Não Governamentais para o Desenvolvimento, empresários, académicos e decisores políticos portugueses, deverão resultar recomendações e compromissos orientados para uma ação mais concertada e eficaz em prol do desenvolvimento, explica um comunicado do Instituto Marquês de Valle Flor, organização promotora da iniciativa.