Um pastor trouxe uma nova ideia, trocar as armas de antigos combatentes por algo útil numa nova vida: bicicletas.
Um pastor trouxe uma nova ideia, trocar as armas de antigos combatentes por algo útil numa nova vida: bicicletas. Um arsenal de 3. 601, 600 das quais ainda funcionais, foram entregues entre abril e Junho pelos combatentes que aderiram a um programa de desarmamento em Katanga. O programa está agora nas mãos do comandante militar da região.
Cada combatente de Kongolo, no norte de Katanga, recebeu uma bicicleta em troca de armas, num projecto da organização não-governamental PaREC, que numa primeira fase já tinha recebido 540 armas.
apesar do sucesso da iniciativa, o projecto “bicicletas em troca de armas” promovido pelo pastor Ngoy Mulunda também é alvo de criticismo. Em finais de abril, cinco jornalistas que acompanhavam o pastor foram sequestrados por milicianos Mayi-Mayi que queriam mais bicicletas por armas.
O pastor não parece disposto a desistir, e tem já um grande número de bicicletas para os combatentes de Tanganyika, parte oriental de Katanga, próximo ojectivo da sua campanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *