acreditando que a crise económica irá impedir a participação de muitos jovens na Jornada Mundial da Juventude, a diocese do Porto vai desenvolver o Rio in Douro, uma iniciativa que reunirá os portugueses que não têm possibilidade de ir ao Brasil
acreditando que a crise económica irá impedir a participação de muitos jovens na Jornada Mundial da Juventude, a diocese do Porto vai desenvolver o Rio in Douro, uma iniciativa que reunirá os portugueses que não têm possibilidade de ir ao BrasilDevido à distância e ao preço das viagens, alberto GonçAlves, coordenador do Departamento arquidiocesano da Pastoral Juvenil de Braga, não espera uma significativa adesão dos jovens portugueses à Jornada Mundial da Juventude, que este ano vai decorrer no Rio de Janeiro, no Brasil. Sabemos que, por razões económicas, não teremos muita gente a ir às jornadas, referiu, em declarações ao Departamento arquidiocesano de Comunicação Social de Braga.
Para quem não tiver possibilidades de se deslocar ao Brasil, o departamento vai oferecer uma alternativa denominada ‘Rio in Douro‘, uma iniciativa da pastoral juvenil na diocese do Porto, que irá decorrer dias 27 e 28 de julho, em Canidelo, Vila Nova de Gaia. através deste projeto, os membros da organização pretendem reunir durante um fim de semana os jovens que, por vários motivos, não conseguiram ir àJornada Mundial da Juventude. O evento terá uma particular ligação ao Rio de Janeiro.