Durante um fim de semana estudantes universitários vão debater, em Coimbra, temas como o tráfico de armas e os conflitos nos países do Médio Oriente e norte de África
Durante um fim de semana estudantes universitários vão debater, em Coimbra, temas como o tráfico de armas e os conflitos nos países do Médio Oriente e norte de África a cidade de Coimbra vai receber o primeiro Encontro nacional universitário de direitos humanos de 12 a 14 de abril. Nas várias sessões, destinadas a todos os alunos do ensino politécnico e universitário, vão estar em debate temas como o tráfico de armas, e os conflitos nos países do Médio Oriente e norte de África. Durante três dias, os participantes vão poder assistir a várias conferências e participar em workshops.

Entre os oradores convidados estão jornalistas, repórteres de imagem e fotógrafos. Em comunicado, os promotores da iniciativa explicam que pretendem incentivar o diálogo e cooperação entre os estudantes do ensino superior que se interessam pela promoção e proteção dos direitos humanos.

Sensibilizar os jovens estudantes para as várias temáticas que incidem sobre as atuais violações dos direitos do homem, e promover a partilha de experiências e conhecimentos, de forma a fomentar uma rede de contactos e trabalho na área dos direitos humanos ao nível do ensino superior, são também alguns dos objetivos do encontro.

Os interessados podem fazer a sua inscrição até ao próximo domingo, dia 7 de abril. O encontro é organizado pelo grupo de estudantes da amnistia Internacional da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, em parceria com a secção de defesa dos direitos humanos da associação académica de Coimbra.