Com o objetivo de conseguir a atenção da população para o autismo, vários edifícios públicos vão iluminar-se de azul. O Cristo-Rei, em almada, e a Igreja de Santa Maria do Olival, em Tomar, são alguns dos monumentos que aderiram à campanha
Com o objetivo de conseguir a atenção da população para o autismo, vários edifícios públicos vão iluminar-se de azul. O Cristo-Rei, em almada, e a Igreja de Santa Maria do Olival, em Tomar, são alguns dos monumentos que aderiram à campanhaPara assinalar o Dia Mundial para a Consciencialização do autismo, vários monumentos vão iluminar-se de azul esta terça-feira, 2 de abril. além de ícones mundiais como o Empire State Building, nos Estados Unidos da américa,ou as Cataratas do Niágara, também em Portugal, locais como o Santuário de Cristo-Rei, em almada, e a Igreja de Santa Maria do Olival, em Tomar, vão ser iluminados de azul.
a iniciativa realiza-se no âmbito da campanha mundial Light It Up Blue (acendam a luz azul), lançada em 2010, pela maior organização mundial dedicada à doença, a autism Speaks. Em Portugal, é a associação Vencer o autismo a dinamizadora do evento. O principal objetivo passa por sensisibilizar a população para a doença que, em Portugal, afeta entre cinco a 12 crianças, em cada dez mil, por ano.
a 18 de dezembro de 2007, a assembleia Geral das Nações Unidas designou o dia 2 de abril como Dia Mundial para a Consciencialização do autismo. a doença, que altera as capacidades de comunicação, de sociabilização e de interação dos indivíduos, afeta cerca de 70 mil pessoas em Portugal e perto de 70 milhões em todo o planeta, segundo a Organização Mundial de Saúde.