O grupo missionário diocesano Ondjoyetu, que tem uma missão permanente no Gungo (angola), vai realizar uma ação de divulgação dirigida às pessoas que ponderem «vir a integrar este dinamismo missionário», explica David Nogueira, padre e diretor do grupo
O grupo missionário diocesano Ondjoyetu, que tem uma missão permanente no Gungo (angola), vai realizar uma ação de divulgação dirigida às pessoas que ponderem «vir a integrar este dinamismo missionário», explica David Nogueira, padre e diretor do grupoO grupo missionário Ondjoyetu, da diocese de Leiria-Fátima, vai promover um encontro de apresentação e divulgação da sua ação, no próximo dia 5 de abril, às 21h00, no Seminário Diocesano de Leiria. Fundado em 1999, o grupo tem vindo a desenvolver várias iniciativas em Portugal, mas também além-fronteiras, através de um projeto implementado na diocese angolana do Sumbe, onde há uma missão permanente na região montanhosa e isolada do Gungo.

O encontro servirá para dar a conhecer aos diocesanos a iniciativa solidária que está a realizar-se em angola: uma ação rumo ao desenvolvimento integral da população, pelos diferentes aspetos em que se vai manifestando, e as várias áreas em que vai intervindo, explicou David Nogueira, padre e diretor do grupo, em declarações ao Gabinete de Informação e Comunicação da diocese de Leiria-Fátima.

a sessão de apresentação, testemunho e esclarecimento é dirigida às pessoas que pretendem conhecer mais a fundo o grupo, e, sobretudo, para aqueles que ponderam vir a integrar este dinamismo missionário, esclareceu o sacerdote. O encontro será ainda uma oportunidade para ajudar os seus membros e os restantes diocesanos a tomarem consciência da sua missão evangelizadora e assumirem compromissos práticos na realização dessa tarefa, referiu o padre David Nogueira.