Jesus partilhou connosco a sua filiação divina, através do batismo passamos a ser filhos e filhas de Deus. Significa que não devemos viver como se ter ou não ter fé fosse a mesma coisa
Jesus partilhou connosco a sua filiação divina, através do batismo passamos a ser filhos e filhas de Deus. Significa que não devemos viver como se ter ou não ter fé fosse a mesma coisaRespondeu-lhe Simão Pedro: Tu és o Cristo, o Filho do Deus. (Mateus 16:16)MeditaçãoUm dos maiores dons que Jesus nos ofereceu foi o de partilhar connosco a sua filiação divina. Ou seja, somos seus irmãos e irmãs, pois através do batismo passamos a ser filhos e filhas de Deus. Significa então que não devemos só viver e amar como fazem todos, como se ter ou não ter fé fosse a mesma coisa. Sim, porque às vezes nós cristãos somos acusados, e com razão, de sermos iguais ou piores dos que os que não acreditam em Deus. Sabemos que os discípulos também tiveram de se converter seriamente, de modo a entenderem a missão de Jesus e o Seu evangelho, pois não bastava ser simplesmente seu discípulo. Bem pelo contrário, tiveram todos de converter a sua forma de pensar à de Jesus, chegando a dar a própria vida pelos irmãos, tal como fez Jesus.como tal, Jesus chama-nos à santidade, porque a santidade está ao alcance de todos. De facto, os santos não são mais do que pessoas que se enamoraram profundamente de Deus e, ao mesmo se enamoraram dos seus irmãos e irmãs. amar é bonito, sem dúvida, mas sabemos que custa muito amar como Jesus nos ama. Custa, mas não é impossível: basta querer. Perguntemo-nos então: queremos amar como Jesus nos ama? Humanamente falando, basta-nos amar quem nos ama e ignorar ou odiar aqueles de quem não gostamos. Este amor é egoísta e exclusivo; é um amor que não faz sacrifícios pelos outros, nem quer aceitar a cruz. Mas para Jesus o amor deve ser sempre inclusivo, radical, humilde e solidário. Claro, ninguém é perfeito, mas devemos fazer o nosso melhor por amar com todo o nosso coração à maneira de Jesus. açãoamo só quando me apetece ou me convém, ou também sei ser humilde e reconhecer o outro como meu irmão ou irmã?