Um dos modos mais simples de rezar é dialogar com Jesus, abrindo-lhe o nosso coração, falando-lhe das nossas necessidades, problemas e desejos
Um dos modos mais simples de rezar é dialogar com Jesus, abrindo-lhe o nosso coração, falando-lhe das nossas necessidades, problemas e desejosNas vossas orações não sejais como os gentios, que usam de vãs repetições, porque pensam que por muito falarem serão atendidos. (Mateus 6:7) Meditação Muitas vezes dizemos que não sabemos rezar; outras vezes enchemos a nossa oração com demasiadas palavras. Então, como rezar? Um dos modos mais simples é o de dialogar com Jesus, abrindo-lhe o nosso coração, falando-lhe das nossas necessidades, problemas e desejos. Mas antes de lhe pedir o que quer que seja, tentemos começar a nossa oração com o agradecimento por tudo quanto nos concedeu até hoje. ao fazermos isto, dar-nos-emos conta de que o mais importante não será pedir algo só para nós, mas também para quem tem menos do que nós e, como tal, precisa mais de Deus. Para rezar, precisamos de silêncio para acalmar o nosso coração e procurarmos os motivos pelos quais agradecer e, em seguida, apresentarmos os nossos pedidos. Mas como fazer silêncio quando há ruídos que nos impedem de ouvir Deus que nos fala? Estes ruídos são sobretudo as preocupações, incertezas e medos que levamos no coração, os quais por vezes atrapalham a presença de Deus em nós. Peçamos então a paz interior, para que Deus possa trabalhar em nós e através de nós. Só assim poderemos entrar em intimidade profunda com Ele e, ao mesmo tempo, ganharmos cada vez mais consciência da necessidade do dever que temos em nos tornarmos oração viva. Por outras palavras, a nossa fé e oração serão autênticas na medida em que influenciam a minha maneira de viver a vida e de me relacionar com os outros. ação Sendo Deus nosso Pai, vivo verdadeiramente como seu filho/a? amo os outros como meus irmãos e irmãs?