O bispo do Porto, uma professora universitária e um teólogo serão os oradores num encontro que vai decorrer em Viana do Castelo ao longo de três dias. Os conferencistas vão abordar a «atualidade do Concílio Vaticano II»

O bispo do Porto, uma professora universitária e um teólogo serão os oradores num encontro que vai decorrer em Viana do Castelo ao longo de três dias. Os conferencistas vão abordar a «atualidade do Concílio Vaticano II»

a 24. a edição das Jornadas Teotonianas inicia esta sexta-feira, 15 de fevereiro. a iniciativa, que se prolonga até domingo, 17, será dedicada à atualidade do Concílio Vaticano II, e vai decorrer no Centro Paroquial de Monção, em Viana do Castelo. O evento, que decorre todos os anos em honra da memória do primeiro santo português, São Teotónio, pretende promover o debate e a reflexão sobre a atualidade de um dos marcos da história recente da Igreja Católica, informa uma nota dos serviços de comunicação diocesanos.

Manuel Clemente, bispo do Porto e vice-presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, é o orador convidado para a abertura das Jornadas Teotonianas. Na sua intervenção, o prelado vai abordar, a partir das 21h30 desta sexta-feira, a Perenidade do Concílio Vaticano II, o seu valor e beleza.

No dia seguinte, às 21h00, Isabel Varanda, professora da Universidade Católica, apresenta uma reflexão que irá incidir na capacidade da Igreja enquanto mistério. a conferência de encerramento das jornadas está a cargo de um filho da terra, o teólogo e diretor do Centro Regional de Braga da Universidade Católica Portuguesa, João Duque, que fará uma intervenção sobre a Igreja no mundo atual.