as Nações Unidas têm no Congo a sua maior missão de pacificação. Está em processo o desarmamento das milícias. São já 15 mil os desarmados, mas as milícias são acusadas de usar escudos humanos.
as Nações Unidas têm no Congo a sua maior missão de pacificação. Está em processo o desarmamento das milícias. São já 15 mil os desarmados, mas as milícias são acusadas de usar escudos humanos. Uns 200 soldados de paz das Nações Unidas (ONU) foram atacados com morteiros, metralhadoras e granadas enquanto desmantelavam um acampamento da Milícia em Ituri.
Um porta-voz da ONU afirmou que as milícias usaram mulheres e crianças como escudos humanos durante o ataque. Mais de 50 mil morreram em conflitos étnicos na província de Ituri desde 1999.
Thierry Provendier, porta-voz da missão da ONU no Congo, disse que depois de oito horas de combate a Milícia começou a retirar. O combate teve lugar ontem, 27 de Junho. Os soldados de paz, vindos do Paquistão e do Bangladesh, precisaram do apoio de helicópteros.
Mais de 16 mil soldados foram destacados para o Congo, como parte de uma das maiores missões de paz da ONU. Desde Setembro já desarmaram 15 mil soldados da Milícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *