O apostolado da Oração do arrabal vai promover uma colónia de férias, na praia do Pedrogão, aberta a todos os idosos doentes, e respectivos acompanhantes, da diocese.
O apostolado da Oração do arrabal vai promover uma colónia de férias, na praia do Pedrogão, aberta a todos os idosos doentes, e respectivos acompanhantes, da diocese. De 7 a 14 de Julho, o apostolado da Oração da Freguesia do arrabal vai organizar a já habitual colónia de férias dirigida aos idosos doentes e com dependência física e respectivos acompanhantes, na Praia do Pedrógão.
Proporcionar a estas pessoas uns dias de férias e de convívio é a razão de ser deste projecto, que já vai na terceira edição.
“Estas pessoas há muito que não têm férias. São pessoas que vivem o seu quotidiano muito em solidão. a maioria delas já perdeu o sentido à vida”, refere Maria Luísa Santos, uma das voluntárias do projecto, que realça que a finalidade desta acção é, precisamente, “devolver a estas pessoas a vida, a esperança e até o sonho”.
assim, durante a semana de férias, no Pedrógão, os promotores desta iniciativa, com a ajuda de vários voluntários, esforçam-se para desenvolver inúmeras actividades que vão desde os passeios até à praia e na marginal, passando pelas visitas dos familiares e amigos, à missa dominical ou ainda aos serões animados.
Referimos ainda que, para além da equipa de apoio aos idosos, a colónia dispõe de um serviço de enfermagem permanente e assistência médica, uma equipa de liturgia, entre outros serviços.
“aprende-se muito com estas pessoas”, revela a professora – já aposentada – Maria Luísa. “Esta actividade ajuda-nos a crescer e ajudam-me a envelhecer com mais dignidade. Criamos ali um espaço de confidência”, afirma. Para a voluntária, até as visitas da própria família dos utentes são “enriquecedoras”. “Chegam uns estranhos e partem como amigos”, confessa. “Ganhamos uma relação muito estreita de amizade. é muito bonito”.
Esta iniciativa conta com o apoio de diversas entidades, designadamente a Caritas Diocesana de Leiria, que disponibiliza o alojamento e refeições, ou o Santuário de Fátima, que tem contribuí­do com uma verba para apoiar as despesas.
além disso e para tornar o preço da inscrição mais acessível aos respectivos idosos, os promotores da iniciativa organizam, anualmente, no dia da festa em honra do Espírito Santo, uma exposição de artesanato, “oferecido e confeccionado por membros da paróquia motivados por esta actividade”, que depois é vendido ao público.
Os interessados em participar nesta iniciativa deverão contactar o pároco do arrabal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *