a rede pública de casas de acolhimento de emergência de vítimas de violência doméstica vai receber um apoio financeiro suplementar de 307 mil euros. a verba é proveniente dos jogos sociais explorados pela Santa Casa da Misericórdia
a rede pública de casas de acolhimento de emergência de vítimas de violência doméstica vai receber um apoio financeiro suplementar de 307 mil euros. a verba é proveniente dos jogos sociais explorados pela Santa Casa da Misericórdia Os responsáveis de 11 casas de abrigo da rede pública de acolhimento de vítimas de violência doméstica assinam esta sexta-feira, 11 de janeiro, um acordo com o governo, para o financiamento suplementar de 307 mil euros. O apoio permitirá custear a criação de 32 novas vagas para alojamentos de emergência. Segundo informações veiculadas pela agência Lusa, a verba, proveniente dos jogos sociais explorados pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, permitirá melhorar a resposta às necessidades de um acolhimento seguro e de um apoio e acompanhamento das vítimas de violência doméstica.