Estão quase concluí­das as obras da Unidade de Cuidados Continuados Integrados Bento XVI, da União das Misericórdias Portuguesas, no alto dos Moinhos, em Fátima
Estão quase concluí­das as obras da Unidade de Cuidados Continuados Integrados Bento XVI, da União das Misericórdias Portuguesas, no alto dos Moinhos, em Fátima a primeira pedra foi lançada a 13 de maio de 2010 pelo Santo Padre. a infraestrutura vai prestar assistência às pessoas com problemas de saúde mental, como por exemplo, doentes com alzheimer. Falta apenas 10 por cento de execução da obra: a conclusão da construção e os arranjos exteriores. Posteriormente será instalado o mobiliário e equipamento necessários ao funcionamento da unidade. a administração da União das Misericórdias Portuguesas (UMP) prevê que o estabelecimento comece a funcionar entre abril e maio de 2013. a nova unidade pretende dar respostas a um problema crescente numa sociedade cada vez mais envelhecida como a portuguesa, em particular à comunidade de Fátima. Terá 60 camas e irá criar entre 30 a 40 postos de trabalho. Trata-se de um investimento global de 3,8 milhões de euros, com financiamento de 750 mil euros do programa Modelar, promovido pelas administrações Regionais de Saúde.