Pai Santo,
Tu que quisestes que todo o Homem tivesse a Salvação,
Enviastes à terra o Teu Filho Jesus,
afim d”Ele nos indicar e mostrar:
O Caminho;
a Verdade;
a Vida,
E vida em abundância.
Conhecendo Tu o egoísmo, a ingratidão e a cegueira do Homem,
Quisestes, ainda, que nos fosse enviado o Teu Espírito, Espírito de Consolação.
Contudo o Homem d”hoje está mais egoí­sta, mais ingrato
E mais cego, vangloriando-se de si mesmo e das suas “descobertas”,
Pensa e afirma que Tu, Pai Santo,
és “coisa” do passado,
Que és um pensamento retrógrado e antiquado
E que apenas alguns “infelizes” com a vida e com o mundo
Teimam em afirmar-te!
Não, não é teimosia!
é Fé ” é Esperança;
é Temperança ” é Constância;
é Humildade, que neste dia te quero pedir!
Faz-me, Pai Santo, capaz de ser constante na Fé,
De usar como única “arma” o aMOR, para combater o mundo!
amor esse que se traduza em verdadeiras: obras;
palavras e actos de Verdadeira Caridade,
Compreensão ” Tolerância, Firmeza ” Constância, Perdão ” Humildade, Perseverança ” Esperança,
E de Paz e Bem em Cristo Jesus, Teu Filho, meu Irmão, meu Salvador e meu Senhor!
Mais te peço, Pai Santo, que todos os meus sentidos
Estejam em permanente alerta para com o Espírito Santo,
a fim de que todo o meu ser se deixe embalar e conduzir
Pela Tua Palavra, pela Tua Vontade,
Sem quaisquer condicionalismos ou individualismo
E que à imagem de Maria minha Mãe
Eu saiba sempre Dizer:
“Eis aqui a Serva do Senhor! Faça-se em mim conforme a tua palavra”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *