Radiografias com mais de cinco anos ou sem valor de diagnóstico podem ser entregues a partir do dia 18 de setembro em farmácias e parafarmácias. Uma iniciativa da aMI que vai permitir angariar fundos para apoio aos mais desfavorecidos
Radiografias com mais de cinco anos ou sem valor de diagnóstico podem ser entregues a partir do dia 18 de setembro em farmácias e parafarmácias. Uma iniciativa da aMI que vai permitir angariar fundos para apoio aos mais desfavorecidos a Campanha de Reciclagem de Radiografias, uma iniciativa da assistência Médica Internacional (aMI), inicia esta terça-feira, 18 de setembro, e prolonga-se até dia 9 de outubro. Durante este período será possível entregar em farmácias e parafarmácias do país, radiografias com mais de cinco anos ou sem valor de diagnóstico. as radiografias recolhidas serão recicladas, e a venda da prata extraída vai permitir à aMI gerar financiamento para fazer face ao constante aumento dos pedidos de apoio social, informa o portal da organização.
Esta é a 17. a campanha da fundação, uma ação que permite angariar fundos equivalentes ao financiamento de um centro social da aMI para apoio aos mais desfavorecidos, revela a mesma fonte. Em 2011 foi possível duplicar este valor porque hospitais e centros de saúde de todo o país entregaram radiografias. Este ano, a aMI lançou o projeto também em Espanha, onde já se encontra a recolher radiografias em hospitais e centros de saúde.