Muçulmanos fazem uma série de encontros sobre a SIDa. alegam um profundo desconhecimento sobre a doença e que o assunto é um tabu. Procuram definir a posição do Islão em relação à doença.
Muçulmanos fazem uma série de encontros sobre a SIDa. alegam um profundo desconhecimento sobre a doença e que o assunto é um tabu. Procuram definir a posição do Islão em relação à doença. abijan, capital da Costa do Marfim, foi palco de um encontro de oração especial. as mulheres reuniram-se de um lado, os homens do outro lado, juntos numa oração a alá “para eliminar a Sida da humanidade”.
Eram uma centena de muçulmanos reunidos para uma série de conferência cujo objectivo era discutir a posição do Islão em relação à SIDa. Os encontros são organizados pela Coordenação de Muçulmanos Nigerianos na Costa do Marfim.
“Muitos de nós pensam que a SID a não existe, outros que é tabu porque tem que ver com ” desculpem ” sexo”, disse à imprensa local Mufutahu Saka, um dos organizadores dos encontros que começaram a 10 de abril e continuarão até ao dia 21 de Maio.
a SID a é um flagelo no mundo, de um modo especial em África.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *