Operadores de transportes públicos de Guayaquil protestam contra normas introduzidas pela comissão de transporte de Guayas. Várias estradas da cidade foram cortadas.
Operadores de transportes públicos de Guayaquil protestam contra normas introduzidas pela comissão de transporte de Guayas. Várias estradas da cidade foram cortadas. Dezenas de táxis e autocarros bloquearam as estradas da cidade de Guayaquil pedindo a resignação do presidente da comissão de transporte de Guayas, Robert Pólit. Ele é acusado de introduzir condições desfavoráveis à circulação de transportes públicos numa das maiores cidades do país, com quase 3 milhões de habitantes.
afirmam que o protesto não vai terminar enquanto Pólit ocupar o seu cargo. Furiosos, os taxistas chegaram ao ponto de cortar os pneus dos colegas que não aderiram ao protesto.
Robert Pólit declarou que não pretende resignar. Por seu lado o presidente da câmara, Jaime Nebot, condenou a decisão de bloquear estradas, definindo essa acção como prejudicial para os interesses da população.
Nebot pediu a intervenção do governo para resolver este assunto e restaurar a normalidade na circulação. apelou também à negociação entre as partes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *