“Era uma vez, um velho fabricante de bonecas, chamado João. Era triste e sonhador”. é a história ” a loja encantada ” que a Escola de Dança da Caranguejeira apresentou, a 8 de Maio, ao seu público.
“Era uma vez, um velho fabricante de bonecas, chamado João. Era triste e sonhador”. é a história ” a loja encantada ” que a Escola de Dança da Caranguejeira apresentou, a 8 de Maio, ao seu público. Mais de meia centena de jovens e crianças da Caranguejeira, Leiria, dos oito aos 26 anos, alegraram um anfiteatro a transbordar de espectadores. O espectáculo apresentou, na primeira parte, 10 danças de estilos diferentes, representadas pelos vários grupos etários, desde os mais pequeninos aos jovens já maduros.

Na segunda parte apresentaram a história ” a loja encantada”, com argumento e coreografia de Silvana almeida, a professora da Escola de Dança, da Caranguejeira. Mais de meia centena de jovens e crianças representaram bonecas de vários países, trajando a rigor: desde as bonecas portuguesas, russas, árabes, até às brasileiras e chinesas.

Um belíssimo espectáculo da Escola de Dança, que proporcionou uma tarde cultural agradável, de duas horas, a uma plateia em grande parte constituída por gente nova, que aplaudiu os jovens artistas. a dança conseguiu juntar adultos, jovens e crianças em são e alegre convívio numa tarde cheia de sol e alegria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *