a violência em Darfur continua a obrigar milhares de pessoas a deslocar-se. as condições de sobrelotação e de falta de água levaram à criação de um novo campo de refugiados no Chade.
a violência em Darfur continua a obrigar milhares de pessoas a deslocar-se. as condições de sobrelotação e de falta de água levaram à criação de um novo campo de refugiados no Chade. Um primeiro grupo de quase 200 refugiados de Darfur foram transferidos para um novo campo de refugiados. São já doze os campos no Chade, os outros onze já estavam sobrelotados e com problemas de abastecimento de água.

O anúncio foi feito pela Comissão para os Refugiados das Nações Unidas (CRNU). O novo campo de Gaga fica situado a 60 quilómetros de abeche. Tem bom fornecimento de água, e menos pessoas que os outros campos da região.

Em entrevistas à imprensa local alguns refugiados afirmaram que uma das razões para terem aceitado a transferência é o facto do campo estar mais afastado da fronteira com o Sudão. afirmam que os militantes árabes “Janjaweed” continuam a fazer incursões armadas no Chade, roubando camelos, cavalos e gado.

a CRNU estima que uns 187 mil sudaneses fugiram para o Chade, escapando à violência de Darfur, que começou em Fevereiro 2003. O número de vítimas até ao momento não foi confirmado. as Nações Unidas falam de dezenas de milhar, mas o governo do Sudão fala de cinco mil. Deslocados pela violência são já dois milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *