Togo prepara-se para as eleições presidenciais. Confrontos entre apoiantes dos candidatos do partido do governo e da oposição provocaram sete mortos e 150 feridos.
Togo prepara-se para as eleições presidenciais. Confrontos entre apoiantes dos candidatos do partido do governo e da oposição provocaram sete mortos e 150 feridos. Pelo menos sete pessoas perderam a vida nos choques entre apoiantes do governo e da oposição nas ruas da capital do Togo, Lomé. as partes acusam-se mutuamente de começar a violência que provocou também 150 feridos.

De acordo com a imprensa local seis vítimas mortais eram apoiantes do governo e a outra da oposição. Milhares de pessoas saíram à rua para receber o principal líder da oposição, Gilchrist Olympio, exilado em França durante anos. ao mesmo tempo, apoiantes do governo foram-se reunindo com retratos de Faure Gnassingbe, filho do defunto presidente Gnassingbe Eyadema.

Faure é o principal candidato do partido do governo para as eleições presidenciais de 24 de abril. Enfrenta Bob akitani, vice de Olympio.

as eleições são consideradas o passo mais importante para sair de uma crise Política que começou a 5 de Fevereiro último. Nesse dia os chefes do exército nacional colocaram Faure no poder, depois da morte do seu pai, no que muitos consideraram ser um golpe de estado.

Devido à pressão internacional e às sanções que isolaram Lomé, Faure resignou da presidência. é agora o candidato presidencial do partido em governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *