Primeiras impressões de um jovem missionário leigo, recém-chegado à Guiné para ensinar numa escola profissional e desenvolver um projecto de pastoral juvenil, a pedido do bispo de Bissau, José Cámnate.
Primeiras impressões de um jovem missionário leigo, recém-chegado à Guiné para ensinar numa escola profissional e desenvolver um projecto de pastoral juvenil, a pedido do bispo de Bissau, José Cámnate. Gostaria de entrar em contacto convosco mais vezes. Mas aqui nem sempre é fácil ligar à internet. Os tempos são muito longos. Não consegui ainda pôr de pé o projecto que aqui me trouxe. Entretanto aproveito para visitar e conhecer a realidade. além de ser agradável e divertido, é muito útil.

a Guiné é um país lindo. Juntamente com tantos problemas, há muito a fazer. Nos primeiros dias, sentia-me como uma mosca branca, mas agora já me sinto mais à vontade e integrado no meio do povo.

a minha saúde está a adaptar-se ao clima. Já apanhei uma malária, mas não foi nada de grave. Estou a refazer-me.

a situação Política é horrível. Teme-se que estejamos à beira de um novo conflito, caso o tribunal não aceite as condições de um maluco, que pretende assumir o poder do mesmo modo como foi derrubado da presidência do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *