Em Fátima, os peregrinos rezaram em memória do Papa João Paulo II. O presidente da celebração lembrou-o como um papa peregrino e missionário.
Em Fátima, os peregrinos rezaram em memória do Papa João Paulo II. O presidente da celebração lembrou-o como um papa peregrino e missionário. Milhares de peregrinos participaram na eucaristia celebrada às 11,00 horas, no recinto do santuário de Fátima, em memória do Papa João Paulo II. Nem a chuva, que caiu durante grande parte da celebração, afastou os peregrinos dos pés da Virgem.

Foi uma celebração muito particular. Na Capelinha das aparições, um quadro bordado com a imagem de João Paulo II junto da Virgem foi colocado à direita da imagem de Nossa Senhora. a coroa desta imagem tem incrustada a bala do atentado, perpetrado pelo turco ali acqa contra o Papa na praça de São Pedro.

O trabalho manual foi oferecido ao Santo Padre pelos doentes da diocese do Funchal. Tem por base uma fotografia tirada em 1981, na Clínica Gemelli, por ocasião da recuperação da saúde do Papa depois do atentado. O quadro tem estado exposto na reitoria do Santuário de Fátima.

Na eucaristia, a que presidiu o bispo da diocese de Leiria-Fátima, Serafim Ferreira e Silva, apontou para a existência deste quadro em que João Paulo II se inclina sobre aquela que disse: “O meu coração imaculado triunfará”.

Serafim Ferreira e Silva exortou os peregrinos, auxiliados pela Misericórdia, a construir um mundo mais humano, mais justo”. Lembrou que João Paulo II foi devoto de Fátima e que a celebração de hoje, em honra da Divina Misericórdia, foi instituí­da por ele.

O bispo de Leiria-Fátima referiu-se ainda ao Sumo Pontífice como um homem contemplativo, meditativo e missionário que “percorreu o mundo a anunciar o único salvador do Mundo, Jesus Cristo”.

Sobre o sucessor de João Paulo II na cadeira de Pedro, Serafim Ferreira e Silva espera que seja “mais novo” e que “dê continuidade à missão profética”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *