De 27 a 30 de Maio de 2005, vai realizar-se o primeiro encontro da juventude missionária do Brasil.
De 27 a 30 de Maio de 2005, vai realizar-se o primeiro encontro da juventude missionária do Brasil. “Iniciar a organização e a articulação da Juventude Missionária, pensando, sobretudo nas inúmeras crianças, hoje jovens, que iniciam a sua formação missionária nos grupos da Infância Missionária, e que desejam continuar o seu compromisso com a Missão”: é o objectivo do Primeiro Encontro de Representantes da Juventude Missionária.

O encontro terá lugar de 27 a 30 de Maio de 2005, na sede nacional das Obras Missionárias Pontifícias (OMP), no Brasil. “Os grupos da Juventude Missionária já são uma realidade ” afirma o padre Daniel Lagni, director nacional das OMP brasileiras. após um período de preparação e dois encontros americanos de Jovens Missionários (Julho de 2002 em Cuenca, Equador, e Novembro de 2004 em Guaira, Venezuela), com a participação de delegações do nosso país, chegou a hora também do Brasil coordenar esforços e iniciativas missionárias dos jovens, seguindo os passos de nossos irmãos latino-americanos”.

Desta forma, quer dar-se uma resposta ao apelo feito por João Paulo II às OMP do Brasil, para promover ainda mais tal iniciativa, levando em consideração que a Igreja é missionária na sua essência ” prossegue padre Lagni. “Sentimos em muitas pessoas a ansiedade em despertar o interesse dos jovens pela vida missionária, seja como necessidade de preparar os jovens à vida missionária, como para coordenar a busca de muitos deles, que, individualmente ou em grupos, se organizam de forma espontânea como missionários. Já estão em andamento diversas iniciativas de carácter louvável no meio aos jovens. Todavia, verifica-se, em geral, a carência de um caminho formativo e informativo para a Missão ad gentes. Neste sentido, as OMP querem oferecer sustento, animação e facilitações a fim de que os jovens possam realizar a sua vocação de presença profética ad intra e ad gentes”.

O director nacional esclarece que não se quer criar um novo movimento, mas coordenar e sustentar a juventude que quer agir no âmbito da Missão, oferecer à Juventude Missionária um serviço de coordenação de apostolado juvenil, no respeito dos carismas e das actividades particulares de cada grupo, com destaque especial para a Missão ad gentes”. as OMP também têm intenção de encorajar o intercâmbio apostólico de jovens missionários entre Igrejas particulares, sempre na óptica da Missão ad gentes”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *