O papel das mulheres não pode ser ignorado. Se for aumenta a possibilidade de fracasso para processos de pacificação sustentável
O papel das mulheres não pode ser ignorado. Se for aumenta a possibilidade de fracasso para processos de pacificação sustentávelIgnorar o papel que as mulheres podem desempenhar na construção da paz aumenta a possibilidade de fracasso para processos de pacificação sustentável, afirmou um responsável das Nações Unidas, acrescentando que os recentes esforços para incluir mulheres estão lentamente a conduzir ao progresso em vários países.
Num discurso ao Conselho de Segurança em Nova Iorque, a subsecretária-geral para o apoio na Consolidação da Paz, Judy Cheng-Hopkins, disse que houve um aumento nas iniciativas das Nações Unidas durante o ano passado para dar às mulheres um papel mais proeminente nas suas operações de consolidação da paz, mas advertiu que ainda existem muitos desafios a serem cumpridos para garantir que elas possam contribuir significativamente para estes processos.

Cheng-Hopkins apresentou diversas áreas em que as mulheres foram sendo gradualmente integradas na construção da paz como a mediação, a representação governamental e a aplicação do Estado de Direito, e disse ter constatado com agrado que havia um amplo acordo entre a ONU, a União Europeia e o Banco Mundial sobre a importância da integração de género em aspectos diversos, tais como a construção da paz após conflitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *