Padre Tobias de Oliveira, missionário da Consolata e com 15 anos de residência e experiência no Quénia, apresenta-se aos leitores e congratula-se com a criação da edição virtual de Fátima Missionária.
Padre Tobias de Oliveira, missionário da Consolata e com 15 anos de residência e experiência no Quénia, apresenta-se aos leitores e congratula-se com a criação da edição virtual de Fátima Missionária. amigo leitor,

Fátima Missionária oferece-me a distinção de ser correspondente no Quénia. é uma honra e um desafio. Sendo Missionário da Consolata há bem quatro décadas e com quinze anos de experiência no Quénia, tenho certamente muito que informar. Não é meu estilo andar a vasculhar notícias para lhes dar um sensacionalismo mal merecido. Vou fazer o que a urgência missionária me ditar.

Sem deixar de prestar atenção aos grandes temas nacionais e internacionais, penso dar especial relevo às coisas pequenas, acções e situações que são apenas um “grão de mostarda”, um raio de luz que brilha nas trevas, um sinal daquilo que é possível quando o coração é grande.

Para começar, a minha é hoje apenas uma palavra de saudação e estima. Para Fátima Missionária vão os meus parabéns pela criação desta sua edição virtual.

tobiasoliveira@katamail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *