Mártires pela fé em África, américas e Ásia
Mártires pela fé em África, américas e ÁsiaSegundo a agência FIDES, perderam a vida, de modo violento, 15 missionários, entre leigos, sacerdotes, religiosos e religiosas. Neste número estão incluídos os agentes de pastoral da Igreja local, assim como aqueles que foram enviados “ad gentes”.

Conscientes do perigo que corriam, preferindo não abandonar o próprio compromisso de testemunho e de apostolado. Em cinco países africanos: Burkina Faso, Uganda, Burundi, África do Sul, Quénia, Chade ” cinco sacerdotes, um religioso e uma religiosa, foram mortos por malfeitores durante tentativa de roubo ou furto, em contextos sociais de violência e de pobreza.

O continente americano registou a morte violenta de três sacerdotes. Dois deles operavam, no México e na Guatemala, em zonas degradadas. Na Ásia, três jovens paquistaneses, vítimas de acusas falsas, foram batidos até à morte; na Índia um sacerdote foi encontrado morto, depois de ter sido ameaçado, acusado de proselitismo, só por visitar famílias hindus, onde era bem acolhido.

a referida agência recorda ainda “a longa lista” de católicos mortos no Iraque e tantos outros “militantes da fé em todos os cantos do mundo, de quem nunca chegaremos a saber o nome”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *