a desaceleração financeira global do ano passado é uma causa do agravamento do flagelo da violência contra mulheres e raparigas
a desaceleração financeira global do ano passado é uma causa do agravamento do flagelo da violência contra mulheres e raparigas a crise financeira mundial fez mais vítimas, muitas quase invisíveis. asha-Rose Migiro, a vice-secretária-geral das Nações Unidas, apontou o dedo à desaceleração financeira global do ano passado como causa do agravamento do flagelo da violência contra as mulheres.
Migiro pediu aos países mais ricos do mundo que liderem o caminho para transformar as muitas promessas internacionais para apoiarem as mulheres e meninas em resultados concretos.
Num discurso em Roma, numa conferência a nível ministerial sobre a violência contra as mulheres, realizada sob os auspícios da presidência italiana do grupo dos oito países mais industrializados (conhecido por G8), Migiro disse que as mulheres e as raparigas estão expostas a um risco maior de violência em tempos de dificuldades. Nós vimos os níveis crescentes de frustração e desespero nas famílias e comunidades em todo o mundo, que exacerba a violência contra as mulheres, afirmou.