Mais pobres continuarão a necessitar de ajuda enquanto os valores dos alimentos cerealí­feros não baixarem
Mais pobres continuarão a necessitar de ajuda enquanto os valores dos alimentos cerealí­feros não baixaremO Programa alimentar Mundial (PaM) está a apoiar cerca de 400 mil afegãos afectados pelo aumento dos preços de trigo, mas advertiu que os mais pobres continuarão a precisar de uma ajuda, enquanto os preços não derem sinais que possam baixar.
Nas últimas semanas, a agência entregou 30 mil toneladas de alimentos na capital, Cabul, assim como no Leste e Sul do afeganistão, divulgou o representante do PaM no país Rick Corsino. a primeira ronda de distribuição de alimentos em Cabul deve terminar no próximo domingo.
Já em Janeiro, a ONU e o Governo afegão tinham apelado a uma ajuda de mais de 80 milhões de dólares (50,7 milhões de euros) para ajudar os mais de 2,5 milhões de pessoas que enfrentavam escassez alimentar, devido ao aumento dos preços do trigo, a mais importante das culturas alimentares no país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *