O cardeal patriarca de Lisboa desafiou os fiéis à escuta da Palavra de Deus, esta manhã
O cardeal patriarca de Lisboa desafiou os fiéis à escuta da Palavra de Deus, esta manhãNa homilia da eucaristia da peregrinação e Ultreia Europeia dos Cursilhos de Cristandade, ao Santário de Fátima, José Policarpo defendeu que a Palavra de Deus é exigente, convida-nos a adoptar na nossa vida os critérios de Deus, nunca esquecendo o que diz o Senhor: ‘as palavras que Eu vos digo são espírito e vida’.
O patriarca de Lisboa salientou que esta é a maior fragilidade da Igreja no nosso tempo: não aprendemos a escutar a Palavra de Deus. E porque nem sequer a ouvimos, não temos a força para acertar o ritmo da nossa vida com o ritmo de Jesus Cristo. O prelado apela ainda aos fiéis identificar onde estão as reais dificuldades, causa da nossa fraqueza. Temos de aprender a fazer uma leitura sobrenatural do nosso itinerário cristão.
Na celebração, na igreja da Santíssima Trindade, José Policarpo alertou: Têm de dar esta prioridade absoluta à escuta da Palavra de Deus. Que as vossas ressonâncias sejam sempre ressonância do coração de Deus. É que se não escutarmos a Sua Palavra, a nossa caminhada será conduzida só com critérios humanos, e esses não garantem que a vitória de Jesus Cristo seja a nossa vitória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *