Foram entregues ao presidente da assembleia da República, onze mil assinaturas, numa petição que pede a condenação, pelo Parlamento, da violência no Tibete perpetrada pela China
Foram entregues ao presidente da assembleia da República, onze mil assinaturas, numa petição que pede a condenação, pelo Parlamento, da violência no Tibete perpetrada pela ChinaJosé Cardal, da Casa da Cultura do Tibete, afirmou que Jaime Gama deu bom acolhimento à petição organizada nas últimas três semanas, desde que surgiram as notícias sobre a violência das autoridades chineses sobre monges tibetanos. O objectivo é que a assembleia condene fortemente a falta de liberdade religiosa e de direitos humanos no Tibete , explicou, citado pela Lusa.
a recolha foi efectuada em pouco mais de duas semanas, o que representa uma grande empatia da parte dos portugueses nesta questão, salienta o responsável.como a petição possui mais de quatro mil assinaturas tem de ser obrigatoriamente discutida em plenário da assembleia da República.
Já a 26 de Março, o Parlamento discutiu a situação no Tibete. Na altura aprovou um voto de condenação, em que o PCP votou contra. O voto manifestava a preocupação da assembleia da República com a escalada de violência no Tibete e apela ao respeito, em todas as circunstâncias, pelos direitos humanos e liberdades civis .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *