Um dia uma mina amputou-lhes o corpo e condicionou-lhes a vida para sempre
Um dia uma mina amputou-lhes o corpo e condicionou-lhes a vida para sempreSão 18, tantas quantas as províncias de angola, as misses que sobem ao palco para mostrar o seu glamour. O prémio para a candidata que ganhar o concurso Miss Sobrevivente de Minas é uma moderna prótese.
Financiado pela União Europeia, a vencedora do concurso será conhecida quarta-feira, dia 2 de abril, no Hotel Trópico de Luanda, onde as candidatas vão ser avaliadas pelo júri. Hoje termina a votação pela internet.
Segundo dados do último relatório sobre as minas em angola, da Electronic Mine Information Network (uma rede de informação sobre minas), mais de dois milhões de pessoas foram afectadas por explosões de engenhos explosivos no país.
Por ano, entre 300 e 400 pessoas morrem ou perdem membros do corpo em angola. Elsa Cristina Neto, da sub-comissão de apoio à Reinserção Social da Comissão Nacional Intersectorial de Desminagem e assistência Humanitária em angola, sabe que não se podem apagar do mapa todos os engenhos enterrados por todo o país há mais de 40 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *