Estratégia de reconciliação merece amplo apoio. Falta apostar mais na segurança interna do país para a pacificação se desenvolver
Estratégia de reconciliação merece amplo apoio. Falta apostar mais na segurança interna do país para a pacificação se desenvolver a nova estratégia de reconciliação do Governo transitório da Somália tem merecido um amplo apoio, mas o alto representante das Nações Unidas no país, entende que é necessário promover acções complementares em matéria de segurança em todo o território somaliano, há muito mergulhado no caos.
Hoje verificamos alguns progressos na frente política com o plano do Governo de Reconciliação, afimrou ahmedou Ould-abdallah, o representante especial do secretário-geral da ONU para o país. Mas as duas áreas reforçam-se mutuamente. Por isso, há necessidade de uma acção semelhante, relativa à segurança [interna], disse, acrescentando: actuar apenas numa delas é como claudicar sobre uma perna.
O plano de reconciliação, que aponta para a paz no país e conversações com a oposição no exterior, tem tido uma reacção positiva de vários grupos somalianos, incluindo a influente aliança para a Re-Libertação da Somália.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *