as Nações Unidas (ONU) vão mediar as negociações de paz no Quénia, já esta tarde de terça-feira. De um lado os apoiantes do presidente Kibaki, do outro, os opositores e partidários de Odinga
as Nações Unidas (ONU) vão mediar as negociações de paz no Quénia, já esta tarde de terça-feira. De um lado os apoiantes do presidente Kibaki, do outro, os opositores e partidários de Odingaas duas partes aceitaram reiniciar as negociações propostas por Kofi annan, revelou a ONU, citada pelo Correio da Manhã. O objectivo é por fim à onda de violência que assola o país, desde 27 de Dezembro, data da eleição presidencial.
Desde então, os confrontos entre os seguidores dos dois partidos já causaram mais de 800 mortos e 250 mil refugiados. Os apoiantes de Odinga não aceitam os resultados e há críticas mútuas de fraudes.
Esta madrugada foi morto um deputado da oposição, Mugabe Were. Foi alvejado a tiro por desconhecidos à porta da sua casa num subúrbio da capital queniana. Durante a manhã, helicópteros do Exército dispararam balas de borracha para dispersar grupos rivais em Naivasha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *