Para ajudar os fiéis a viver melhor o Dia mundial da Paz de 2008, a secção portuguesa da Pax Christi – Movimento Católico Internacional para a Paz editou um dossier
Para ajudar os fiéis a viver melhor o Dia mundial da Paz de 2008, a secção portuguesa da Pax Christi – Movimento Católico Internacional para a Paz editou um dossierSão 28 páginas e contêm subsídios para a celebração do 41º Dia mundial da Paz subordinado ao tema: Família Humana, Comunidade de Paz. O opúsculo a família humana e a Paz apresenta sugestões para a liturgia do dia e actividades para assinalar o dia.
Há ainda ideias sobre o tema para trabalhar com crianças, bem como uma colectânea de orações, neste pequeno livro da secção portuguesa da Pax Christi. Na Introdução, escreve Frei Bento Domingues: Os católicos devem estar agradecidos por aquilo que os papas, do século XX, fizeram pela paz, a começar por Bento XV, que enviou um apelo, a 1de agosto de 1917, aos chefes dos povos beligerantes, propondo-lhes que acabassem com o inútil massacre e se dispusessem a construir uma paz durável.
No artigo agradecidos em nome da Paz, reproduzido no Público a 31 de Dezembro de 2006, o religioso defende que os católicos devem manifestar, a Bento XVI, a sua alegria, porque ele soube vencer as suas inclinações e ideias privadas de teólogo e o seu gosto pela polémica – presente ainda na aula de Ratisbona – para se colocar, na viagem à Turquia, ao serviço do seu ministério de diálogo ecuménico, inter-religioso, ao serviço da paz.
Em vez de se fechar, abriu-se às outras Igrejas cristãs e ao mundo muçulmano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *