O programa “Escolhas-terceira geração” que visa a inclusão social de crianças e jovens mais desfavorecidos, abrange já 40 mil beneficiários espalhados por 71 concelhos do país
O programa “Escolhas-terceira geração” que visa a inclusão social de crianças e jovens mais desfavorecidos, abrange já 40 mil beneficiários espalhados por 71 concelhos do país a terceira geração do programa Escolhas é uma fase com maior ambição, tem mais investimentos. Passamos de cerca de 12 milhões de euros para 20 milhões de euros de investimentos e chegamos a mais bairros: 71 concelhos com 121 projectos, afirmou o ministro da Presidência, no final de uma visita ao projecto desenvolvido no bairro do armador, em Chelas, Lisboa, informa a Lusa.
Pedro da Silva Pereira salientou que é preciso dar a conhecer o esforço que está a ser feito pelos intervenientes, no combate ao abandono e ao insucesso escolar e para a integração social dos jovens, criando-lhes mais oportunidades. O programa Escolhas – terceira geração beneficia 40 mil crianças e jovens, com idades compreendidas entre os seis e os 24 anos.
O sucesso do programa deve-se muito, segundo o ministro da Presidência, à intervenção de proximidade que mobiliza as instituições locais, nomeadamente as escolas, as juntas de freguesias e associações. a mobilização das famílias e o clima de bairro foram factores positivos na intervenção levada a cabo.
Há de facto uma situação no nosso país de abandono e de insucesso escolar que precisa de ser combatida por diversas intervenções, nomeadamente na escola, com oferta de cursos profissionais, e na sociedade, referiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *