as inundações de agosto ainda afectam milhares de pessoas que necessitam de ajuda, nomeadamente de alimentos
as inundações de agosto ainda afectam milhares de pessoas que necessitam de ajuda, nomeadamente de alimentosTrês meses depois as piores enchentes do Togo em três décadas, as agências humanitárias das Nações Unidas prosseguem os seus esforços para aliviar a aflição das cidadãos deste país do Oeste africano, à medida que os funcionários atingem as áreas antes isoladas.
as agências da ONU conseguiram chegar a cerca de 60 mil pessoas nas últimas semanas e fornecer-lhes alimentos suficientes para os próximos dois meses, afirmou esta terça-feira Michele Montas, a representante da ONU no país.
O apoio de 1,5 milhões de dólares (pouco mais de um milhão de euros) do Fundo Central de Respostas de Emergência permitiu que o Programa alimentar Mundial (PaM), a Unicef, a Organização Mundial de Saúde, o Fundo das Nações Unidas para a População, bem como a Food and agriculture Organização para a alimentação e agricultura (FaO) implementassem projectos de emergência para ajudar os togoleses mais afectados.
as inundações de agosto, depois de fortes chuvas em toda a África Ocidental, mataram pelo menos 23 pessoas no Togo e deixaram dezenas de milhares de pessoas que precisam de ajuda, de acordo com o Gabinete de Coordenação dos assuntos Humanitários das Nações Unidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *