O presidente do Conselho de Ministros da União Europeia, Luís amado, reúne-se com o primeiro-ministro israelita e, mais tarde, com o presidente palestiniano para impulsionar a paz no Médio Oriente
O presidente do Conselho de Ministros da União Europeia, Luís amado, reúne-se com o primeiro-ministro israelita e, mais tarde, com o presidente palestiniano para impulsionar a paz no Médio OrienteO ministro dos Negócios Estrangeiros português, que é actualmente presidente em exercício do Conselho de Ministros da União Europeia (UE), chegou hoje a Telavive para uma visita de dois dias a Israel e à Palestina, com o objectivo de mostrar o empenho dos 27 no processo de paz do Médio Oriente. Luís Mado vai levar à região uma mensagem do empenhamento da UE no processo de paz do Médio Oriente e a vontade determinada de os 27 contribuírem para uma solução rápida do conflito entre israelitas e palestinianos.
No primeiro dia dos trabalhos reúne com o primeiro-ministro israelita e, mais tarde, com o presidente palestiniano, num dia em que se prevê um encontro entre Ehud Olmert e Mahmud abbas sobre o processo de paz no Médio Oriente. Em Ramallah, no segundo dia de trabalhos que coincide com o aniversário dos atentados de 11 de Setembro de 2001, Luís amado começa por vistar a representação de Portugal em Ramallah e encontra-se depois com representantes da sociedade civil palestiniana, antes de regressar a Israel. De volta a Jerusalém, espera-o um encontro com o enviado especial do Quarteto para o Médio Oriente (ONU, União Europeia, Estados Unidos e Rússia), o ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *