a crise espiritual da madre Teresa de Calcutá, durante a qual chegou a duvidar da existência de Deus, é “normal”, explica o cardeal espanhol Julián Herranz
a crise espiritual da madre Teresa de Calcutá, durante a qual chegou a duvidar da existência de Deus, é “normal”, explica o cardeal espanhol Julián Herranzas dúvidas de fé da beata estão reunidas no livro Mother Teresa: Come be my light que será lançado a 4 de Setembro e que reúne as cartas enviadas aos seus confessores e superiores. Em 1956, numa das cartas, ela escreveu: Tanta falta de Deus e anulada -vazio -sem fé – sem amor – sem entusiasmo .
a vida dos santos está cheia de confissões parecidas, pessoas que provaram o deserto da noite da fé, assinalou Herranz, que agora é membro do conselho de cardeais da congregação para as causas dos Santos. Esta é a prova de grandeza da fé da beata madre Teresa e nada tira a sua santidade, por isso o processo de canonização não será condicionado a estas cartas, acrescentou.
apesar de enfrentar o lado negativo da vida, ela persistiu no seu caminho para a santidade, tamanha era sua grandeza , disse à Reuters, o reverendo Lucas Sircar, que conviveu durante décadas com a religiosa. O volume foi publicado pelo sacerdote Brian Kolodiejchuk, que foi o responsável por reunir a documentação para o processo de canonização da madre Teresa, iniciado em 2005.
Pessoas que conviveram com a vencedora do Prémio Nobel da Paz de 1979 disseram que ela superou vazios e dúvidas e manteve a disseminação da mensagem de Deus e amor aos pobres até morrer, em 1997, aos 87 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *