O Fundo das Nações Unidas para a Infância comemora hoje, 11 de Dezembro, o 60º aniversário. angola é o segundo pior do mundo com 260 mortes de crianças por mil.
O Fundo das Nações Unidas para a Infância comemora hoje, 11 de Dezembro, o 60º aniversário. angola é o segundo pior do mundo com 260 mortes de crianças por mil. É um marco importante e tem tido uma repercussão na forma como se olha para as crianças. a criança enquanto sujeito de direitos é hoje encarada de uma forma diferente do que era há uns anos, contudo há ainda um longo caminho a percorrer , afirmou a presidente do comité português Madalena Marçal Grilo.
Passados 60 anos, adiantou, dez milhões e meio de crianças continuam a morrer anualmente com doenças que poderiam ser evitadas. Há progressos significativos, mas há situações difíceis de aceitar, como por exemplo a falta de vacinação , adianta.
O relatório Situação mundial da infância 2007 , que aborda a situação das mulheres e das crianças, vai ser apresentado, em Lisboa.
O documento refere que a igualdade de género produz um duplo dividendo , que beneficia simultaneamente as mulheres e as crianças e, é decisivo para a saúde e desenvolvimento das famílias, comunidades e nações.
Os números indicam que a mais elevada taxa de mortalidade infantil regista-se na África sub-sariana, com 162 mortes em cada mil, enquanto angola é o segundo pior do mundo com 260 mortes por mil.
Portugal é um dos países do mundo com mais baixa taxa de mortalidade infantil, com cinco mortes em cada mil. Suíça, Eslovénia, Finlândia, Itália, Japão, Liechtenstein, Noruega, Rep ública Checa, Suécia, andorra, Singapura, Islândia e San Marino apresentam uma taxa de mortalidade infantil mais baixa do que Portugal.
O fim da discriminação sexual e um aprofundamento do papel das mulheres poderão ter um impacto profundo e positivo na sobrevivência e no bem-estar das crianças , refere um relatório da UNICEF sobre a situação mundial da infância 2007, hoje divulgado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *