a polícia da República de Moçambique deteve um terceiro suspeito na morte da missionária portuguesa, Idalina Gomes e do padre brasileiro Waldyr dos Santos.
a polícia da República de Moçambique deteve um terceiro suspeito na morte da missionária portuguesa, Idalina Gomes e do padre brasileiro Waldyr dos Santos.com esta detenção são três os indivíduos detidos por suspeita de envolvimento nos assassinatos durante um assalto à missão católica da Fonte Boa, na província de Tete, junto da fronteira com o Malaui.
Desconhece-se a identidade do suspeito agora detido. Os outros dois que já foram indiciados em tribunal e se encontram detidos são cidadãos moçambicanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *