Hoje é o Dia dos fiéis defuntos. “Não é dia de luto e tristeza. é dia da mais í­ntima comunhão com aqueles que «não perdemos, porque simplesmente os mandámos à frente» (São Cipriano)”.
Hoje é o Dia dos fiéis defuntos. “Não é dia de luto e tristeza. é dia da mais í­ntima comunhão com aqueles que «não perdemos, porque simplesmente os mandámos à frente» (São Cipriano)”. É dia de esperança, porque sabemos que os nossos irmãos ressurgirão em Cristo para uma vida nova. É, sobretudo, dia de oração, que se revestirá da maior eficácia, se a unirmos ao sacrifício de reconciliação, a missa .
É a continuação da festa de Todos os santos, a celebração da misericórdia de Deus para com aqueles que já partiram e esperam, purificados, ser admitidos no reino dos céus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *