Foto: Vida ONGD

A equipa do projeto “Mindjeris Di Amanha” procedeu recentemente à entrega de materiais para a equipa de limpeza e vendedoras do mercado de Bula, na Guiné-Bissau. A entrega dos bens foi acompanhada por uma “breve formação sobre higienização e manuseamento de resíduos”, conforme indica a Vida, uma organização não-governamental portuguesa envolvida na iniciativa.

Procedeu-se também à entrega de “230 máscaras sociais reutilizáveis para distribuir junto das vendedoras do mercado”, destaca a organização portuguesa criada em 1992. Para a administradora do setor de Bula, a distribuição destes bens assume uma grande importância. “Hoje vocês arranjaram-nos saúde para o mercado de Bula”, afirmou a responsável.

Por sua vez, a pessoa responsável pela equipa de limpeza do mercado destaca os efeitos positivos que esta ação poderá ter. “Isto é uma coisa muito grande. Livra-nos das doenças que sempre tememos vir a apanhar. Estou contente com este projeto, porque nós não tínhamos este tipo de materiais… Fazíamos só esforços, não havia outra maneira”, referiu.

O projeto “Mindjeris di Amanha” tem como propósito contribuir para o “fortalecimento da atividade produtiva e comercial das horticultoras-vendedoras da região de Cacheu”. O programa conta com o financiamento do Instituto Camões. Esta ação surge no contexto da superação da atual pandemia da covid-19.

Tagged: