Foto: Fundação Allamano

A Fundação Allamano, localizada em Águas Santas, no município da Maia, continua a acolher refugiados. Esta semana, a instituição de caridade recebeu “três rapazes vindos da Grécia: um do Sudão, outro do Iraque e ainda outro do Egipto”, assim como “um jovem sírio, proveniente do Cairo, no Egipto”.

Atualmente, a instituição de caridade acolhe “26 jovens adultos de 13 países diferentes”, indicam os responsáveis pela fundação, que dão as boas-vindas a todos os jovens que passam a integrar o organismo, que existe por iniciativa dos Missionários da Consolata, uma congregação religiosa fundada pelo beato José Allamano.

Existente desde 2017, a Instituição Portuguesa de Solidariedade Social (IPSS) tem como “objetivo acompanhar e intervir socialmente através de práticas que visam promover e contribuir para a inclusão, a melhoria do bem-estar e a qualidade de vida dos grupos mais vulneráveis da sociedade”.

Tagged: