O mundo “tem necessidade de cristãos e muçulmanos que se respeitem e se estimem”, afirma Bento XVI numa mensagem a propósito da festa de aid al-fitr que assinala o fim do Ramadão.
O mundo “tem necessidade de cristãos e muçulmanos que se respeitem e se estimem”, afirma Bento XVI numa mensagem a propósito da festa de aid al-fitr que assinala o fim do Ramadão. Onde pudermos trabalhar em conjunto, não trabalhemos separadamente. O mundo tem necessidade de cristãos e muçulmanos que se respeitem, se estimem e dêem testemunho de se amarem e trabalharem juntos para a glória de Deus e o bem de todos os homens , refere o presidente do Conselho Pontifício para o Diálogo Inter- religioso.
O cardeal Paul Poupard salienta que as circunstâncias particulares que vivemos juntos mostram que se o caminho de um diálogo autêntico pode ser por vezes árduo, ele é mais necessário do que nunca .
Na mensagem, o prelado realça que a violência e o terrorismo são uma chaga particularmente dolorosa e apela a muçulmanos e cristãos para enfrentarem com coragem e determinação as preocupações quotidianas e os graves problemas do mundo .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *