Os rostos de críticos e de opositores à mensagem de Fátima vão estar em análise a partir das 21h15 desta quarta-feira, 1 de setembro, no decorrer de uma visita temática à exposição “Os rostos de Fátima”, que se encontra patente no piso inferior da Basílica da Santíssima Trindade.

O encontro vai debruçar-se sobre Tomaz da Fonseca, João Ilharco ou Artur de Oliveira Santos, “administrador do concelho de Ourém responsável pela prisão dos pastorinhos em agosto de 1917”. Os três “ocupam um dos espaços da exposição temporária dado o seu papel de relevo na tentativa de destruição da mensagem de Fátima”, refere o santuário da Cova da Iria, a propósito desta iniciativa.

A orientar este momento vai estar André Melícias, arquivista do Departamento de Estudos do Santuário de Fátima. Esta será a quinta visita temática à exposição temporária ‘Os rostos de Fátima: fisionomias de uma paisagem espiritual’, promovida pelo Santuário de Fátima. A iniciativa conta com entrada livre, e irá decorrer sob medidas de segurança, de forma a diminuir o risco de contágio por covid-19. A mostra pode ser conhecida até 15 de outubro de 2022, no Convivium de Santo Agostinho.

Tagged: