Aos 83 anos de idade, José Torres Neves, sacerdote missionário da Consolata português, chega a Portugal, vindo de Moçambique, para passar um período de férias, visitar a família e para fazer “tratamentos médicos de rotina”, conforme indica a congregação religiosa da qual faz parte.

O religioso de Penamacor, província da Beira Baixa, está em terras moçambicanas desde 1989, e encontra-se atualmente na missão de Massangulo. Através de um breve vídeo divulgado pelos Missionários da Consolata, o padre José Neves explica que trabalha “em Moçambique já há vários anos”, e que está agora em Portugal “para férias, para visitar e família e também para trazer saudações dos missionários que trabalham em Moçambique”.

O sacerdote afirma que pretende “continuar” o seu trabalho “com agrado”, e que após as férias em Portugal tenciona “regressar” à missão de Massangulo, em Moçambique. De acordo com os missionários da Consolata, aos 83 anos, o sacerdote mantém-se “ainda apaixonado pela missão, e por Moçambique em particular”.

Tagged: