Aventino Oliveira faleceu aos 88 anos, no Centro Hospitalar de Leiria

Aventino Matias Oliveira, sacerdote Missionário da Consolata, faleceu este sábado, 21 de agosto, no Centro Hospitalar de Leiria, aos 88 anos. Nascido a 24 de fevereiro de 1933, em Vila de Rei, no distrito de Castelo Branco, o sacerdote “integrou o primeiro grupo a ingressar no seminário dos Missionários da Consolata, em Fátima”, conforme recorda a congregação religiosa, a propósito do falecimento do missionário, ordenado a 9 de fevereiro de 1957.

O sacerdote levou uma “vida pastoral missionária muito rica, especialmente nos Estados Unidos da América e Canadá, países onde foi um grande divulgador da mensagem de Fátima”, referem os missionários da Consolata, adiantando que “antes de adoecer”, o religioso “exercia um fecundo serviço de apostolado e animação missionária a partir da comunidade do Instituto Missionário da Consolata de Fátima, onde se encontrava desde 2007”. Em Fátima, o missionário dedicava-se especialmente ao “acolhimento e acompanhamento de peregrinos”, sendo também um colaborador permanente da revista ‘Fátima Missionária’, para onde escrevia a rubrica mensal ‘Vida com vida’.

Aventino Oliveira “tinha 68 anos de profissão religiosa e 64 anos de sacerdócio”. O corpo do missionário “vai estar em câmara ardente na capela dos Missionários da Consolata”, em Fátima, a partir das 15h00 deste domingo, 22 de agosto. A Missa Exequial terá lugar segunda-feira, 23 de agosto, às 10h00, na capela dos Missionários da Consolata, em Fátima. A celebração será seguida do cortejo fúnebre até ao cemitério de Fátima.

Tagged: