Está em curso o programa “Jovens pelo ambiente”. A iniciativa está em vigência em Castro Marim, no distrito de Faro, e conta com a participação de 10 jovens, com idades compreendidas entre os 16 e os 25 anos. De acordo com os serviços de comunicação da Câmara Municipal de Castro Marim, a iniciativa “foi proposta por um dos jovens e desde logo desenvolvida pela autarquia”.

Para o município do sul de Portugal, esta ideia constitui-se como o “primeiro passo para uma nova cultura de cuidado com o ambiente e espaço público e uma forma diferenciada de sensibilização da comunidade”. Os jovens envolvidos dedicam-se à limpeza de “bermas e espaços públicos”, sempre munidos de “carrinho, vassoura e luvas”.

Além da limpeza dos espaços, os mais novos “vão organizar ações de sensibilização sobre reciclagem e atividades de educação ambiental nas praias, conduzir inquéritos e ações relacionadas com os biorresíduos, geolocalizar contentores no concelho e ainda têm o desafio de criar uma mascote que identifique este movimento ambiental e que possa inspirar outros”, adianta a autarquia.

A iniciativa é também uma forma de “alertar, valorizar e dignificar o trabalho dos cantoneiros de limpeza, que, todos os dias, nos mesmos sítios, se esforçam por manter limpos os espaços públicos que, não raras vezes, não são respeitados”, refere o município nacional. O programa decorre com o lema – “Estamos a limpar na nossa rua, na nossa praia, na nossa terra. Nós já começámos e você? Para ajudar, basta não sujar.”

Tagged: