O projeto ‘Hortas comunitárias de Cascais’ “continua a ganhar cada vez mais adeptos”, conforme destacam os serviços de comunicação municipais. Esta semana foram entregues “diplomas a 50 novos horticultores” que participaram numa “formação presencial de 12 horas em que aprenderem, na prática e em horta, como trabalhar a terra e os produtos hortícolas”, refere a Câmara Municipal de Cascais.

De acordo com a autarquia portuguesa, a “maior parte destes horticultores vai ter em breve um talhão em novas hortas a inaugurar, na Quinta da Carreira, Trajouce, Brejos, Bairro Alice Cruz e Cruz Vermelha”. Fernanda Costa é uma das horticultoras que participou na formação e assume a sua satisfação por integrar este projeto. “Com a nova horta não vou ficar tanto em casa e no sofá. Estou ansiosa para lá ir plantar batata e couve para o Natal”, disse a participante, citada pelo município de Cascais.

No decorrer da oferta formativa, os “novos horticultores aprenderam os fundamentos básicos para cultivar em modo biológico, desde a preparação e cuidado do solo até às pragas e doenças e o seu combate através de meios naturais e amigos do ambiente”. Joana Balsemão, vereadora da Câmara Municipal de Cascais com o pelouro do Ambiente, destaca a importância desta abordagem. “Estes horticultores recém-formados são embaixadores da biodiversidade, porque aqui usa-se agricultura biológica, de bons hábitos de vizinhança e saúde”, disse a responsável.

Tagged: