Foto: Santuário de Fátima

A nona edição do Workshop Internacional de Turismo Religioso arranca esta quinta-feira, 24 de junho, e chega ao fim no dia seguinte, 25. Pela primeira vez, o evento decorre em formato online, como medida de contenção da atual pandemia da covid-19.

O encontro “conta mais de 150 participantes inscritos”. Estão “pré-agendadas 3.404 reuniões”, que deverão envolver 107 compradores e 78 fornecedores, “de 34 países, incluindo Portugal”. O evento “conta ainda com a presença de 16 expositores institucionais”, lê-se em comunicado.

A sessão de abertura do evento contou com a intervenção de Carlos Cabecinhas, sacerdote e reitor no Santuário de Fátima, que referiu que “sendo Fátima um destino de turismo religioso globalizado, os efeitos [da pandemia] têm sido especialmente onerosos e mesmo dramáticos”.

Apesar das atuais contingências decorrentes da covid-19, Carlos Cabecinhas afirmou que “Fátima está preparada para acolher os visitantes”. “O Santuário de Fátima preparou os seus espaços para garantir segurança sanitária quer aos visitantes, quer aos colaboradores, funcionários e voluntários, e o mesmo fez a hotelaria, a restauração e o comércio”, assegurou o responsável.

“Fátima é um lugar seguro e não faltam bons motivos para regressar” à Cova da Iria, realçou Carlos Cabecinhas. O Workshop Internacional de Turismo Religioso é organizado pela Associação Empresarial Ourém-Fátima, em colaboração com o Santuário de Fátima, os municípios de Ourém e Guarda, o Turismo do Centro e o Turismo de Portugal.

Tagged: